Microempreendedores individuais crescem na Bahia 199% em sete anos

Segundo dados do site Compara Brasil, elaborados com base na Receita Federal, da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) as empresas optantes no Simples Nacional na Bahia cresceram 88% de janeiro de 2012 a novembro de 2018.

Os dados apresentados mostram que os Microempreendedores individuais (MEI) na Bahia cresceram no mesmo período 199%, saindo de 140.609 para 420.285 enquanto as demais empresas só cresceram 20%, saindo de 232.279 para 279.481 nos sete anos pesquisados.

Segundo o site, na arrecadação o ICMS saiu de aproximadamente R$ 1.2 bilhões em janeiro de 2012 para R$ 1,7 bilhões em junho de 2018, um crescimento de apenas 45% em 80 meses.

Para o contador de Amargosa, Edvanildo dos Santos Sales, “o crescimento de apenas 20% em sete anos para as demais empresas, enquanto o microempreendedor individual no mesmo período cresceu 199%, tem desestimulado os escritórios de contabilidade a realizarem novos investimentos”.